Sinesio Pontes Blog

Início » Eleições 2010 » Resultado Brasil: Queda no desemprego. Bye bye Golpistas.

Resultado Brasil: Queda no desemprego. Bye bye Golpistas.

Selecione a Categoria

Muitas obras. Muitos empregos

Nunca na história desse país, opa. Essa frase é do presidente Lula, mas pode ser utilizado por cada cidadão para enaltecer os avanços conquistados nos últimos 08 anos.

Dessa vez foi divulgado Desemprego fecha agosto em 6,7%, menor índice desde 2002, aponta IBGE.

Esse é a menor taxa de desemprego registrada nesse país desde 1500, ou seja, esse governo cumpriu o que prometeu até mais do que se imaginou. E vale salientar que o mundo está se recuperando de uma grande crise.

E durante os oito anos do governo FHC?

Essas matérias, camaradas, não são divulgadas no PiG (Partido da Imprensa Golpista), porque eles ainda acreditam que estas eleições vão pro segundo turno.

Enquanto isso, eles continuam com a ideia de comparar Lula a Mussolini.

Por que não se comparam os dois governos?

Porque se esconde FHC de Serra?

Diga-me com quem andas, que te direi quem és.

Serra está pra FHC assim como Dilma está pra Lula.

O Brasil mudou e para melhor. Hoje somos um país que tem uma projeção positiva a médio e longo prazo. Deixamos de ser uma nação de classe economica para viajar de Executiva.

O governo PSDB privatizou,  aumentou juros e impostos, e estagnou. Não faz muito tempo.

Amigos navegantes, não iremos retroceder. #AgoraeDilma

Leiam a matéria

Da Redação

economia@eband.com.br

A taxa de desemprego ficou em 6,7% no mês de agosto, de acordo com a PME (Pesquisa Mensal de Emprego) divulgada nesta quinta-feira, 23, pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Este é o menor índice desde o início da série histórica, em março de 2002.

Diante do registrado em julho (6,9%), o índice se manteve praticamente estável, mas recuou 1,4 ponto percentual em relação aos 8,1% apresentados em agosto do ano passado. A população sem ocupação caiu 15,3% nos últimos 12 meses.

O número de trabalhadores com carteira assinada já cresceu 7,2% no ano. Com rendimento médio real de R$ 1.472,10 em agosto, o valor recebido pelo trabalhador teve 5,5% de incremento sobre o mesmo mês de 2009 e 1,4% de aumento em relação a julho.

As empresas tiveram que desembolsar 1,8% a mais para arcar com a massa de rendimentos, de R$ 32,9 bilhões. O valor é 8,8% superior ao registrado no mesmo mês do ano passado.

Profissional da saúde tem maior renda e empregada doméstica, a menor

Em agosto, a pessoas ocupadas na indústria extrativa, de transformação e distribuição de eletricidade, gás e água tiveram rendimento médio de R$ 1461,20. Para as que trabalham na construção, a renda foi de R$ 1250,30.

Os setores de comércio, venda e reparação de veículos automotores remuneraram seus funcionários em média com o ordenado de R$ 1171,60. Para os serviços prestados à empresa, aluguéis, atividades imobiliárias e intermediação financeira, o salário foi de R$ 1947,30.

O trabalhador empregado em segmentos da economia da educação, saúde, serviços sociais, administração pública, defesa e seguridade social foi o que teve o maior salário médio, de R$ 2078,10. Em contrapartida, os indivíduos ocupados com serviços domésticos, tiveram os menores rendimentos, de R$ 567,60.

Pessoas que trabalhavam em outros serviços, como alojamento, transporte, limpeza urbana e serviços pessoais, receberam R$ 1275,60, em média.

Redação: Helton Simões Gomes


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: