Sinesio Pontes Blog

Início » Eleições 2010 » JN assume campanha de Serra. Cureau não vê nada.

JN assume campanha de Serra. Cureau não vê nada.

Selecione a Categoria

Amigos navegantes, estamos diante um golpe silencioso. É o golpe da mídia contra a candidatura de Dilma.

Não é de hoje que assistimos as forças do PiG (Veja, Folha, Globo, Estadão, Band) reagirem à candidatura a presidência que tenha sido cunhada pelo povo, foi assim no caso de Lula nas eleições de 1989, 1994 e 1998.

Em 1989 fizeram de tudo, disseram que Lula era comunista, ateu, colocaram um camisa do PT no sequestrador de Abílio Diniz, inventaram o aborto de Lurian, e por editaram o debate final de 2º turno  da Globo.Quem não lembra não estava vivo à época.

Em 1994 impediram que fossem mostradas cenas externas no programa eleitoral. Lula tinha realizado a Caravana da Cidadania por todo o Brasil retratando a realidade do povo.

Em 1998, O PiG não mostrava grandes greves que eram realizadas e esconderam a real situação do Plano Real. Confundiram a população com um discurso de continuidade do Real e no ínicio de 1999 tivemos que suportar um pacote de arrocho e desvalorização da moeda.

Em 2002 o povo se libertou, reagindo ao discurso do medo, elegeu pela primeira vez um metalúrgico com Presidente da Nação. Fato esse se repetiu em 2006 mesmo com os Aloprados.

Estamos em 2010, e estamos assistindo a maior campanha realizada pelos veículos de comunicação a favor de um candidato de direita, neoliberal e corrupto.

Pra quem serve a candidatura de Serra? Para os filhinhos de papai de São Paulo, que herdaram essa mídia e querem se beneficiar do poder sempre.

Mas agora, inesperadamente quem deveria garantir o equilíbrio nessas eleições, é quem entrou com tudo contra Dilma. A vice-Procuradora eleitoral Sandra Cureau.

Vamos aos fatos.

Você assistiu o JN de 13/10? Então veja como se faz campanha para um candidato.

Levantamento feito por Luiz Carlos Azenha (ele já esteve lá).

Do Vi o Mundo

No JN, a “paginação” dos sonhos de Serra

por Luiz Carlos Azenha

O Jornal Nacional escondeu, mais uma vez, o Paulo Preto.

Nenhuma reportagem investigativa, nenhuma entrevista a respeito, absolutamente nada. Nem um segundinho sequer.

sumo que o PT já sabia que seria assim, nesta campanha: Erenice, 1.435 manchetes e reportagens investigativas; Paulo Preto quem?

Porém, hoje me chamou a atenção a paginação do jornal.

O JN deu longa cobertura ao resgate dos mineiros, com todos os detalhes religiosos (crucifixos, orações, etc).

Break para a propaganda eleitoral.

Propaganda de José Serra com apelo “religioso”.

Propaganda de Dilma Rousseff.

Bloco policial.

Cobertura eleitoral, com José Serra falando em “união nacional”, à chilena.

Pesquisa com queda de Dilma e ascensão de Serra, comparando um Ibope de segundo turno hipotético com o Ibope de um segundo turno real.

Pano rápido.

É conferir para ver se existe nisso algum padrão kameliano.

 

Sandra Cureau não deve ter assistido ao JN.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: