Sinesio Pontes Blog

Início » Eleições 2010 » Record pode ser multada. Mostrar a realidade não pode

Record pode ser multada. Mostrar a realidade não pode

Selecione a Categoria

Sandra Cureau (guardem esse nome) a vice-procuradora eleitoral, atende a pedido da coligação do Zé Pedágio e pretende multar a Rede Record por favorecer a candidatura petista.

Mas ela não assiste ao JN.

O JN é o mesmo que escondeu Paulo Preto, o homem bomba, que desviou 4 milhões do caixa 2 do PSDB.

E também escondeu o protesto da população para seu candidato Zé Alagão.

Cureau é a mesma que disse que “Serra é a pessoa ideal para governar o país”. Como pode?

É a primeira vez no Brasil que se multa uma rede de tv por esse motivo.

Nem na ditadura.

Extraído dos site “limpos” O GloboVeja.

“Cureau diz ainda que cabe à Justiça Eleitoral resguardar o tratamento igualitário aos candidatos.” (quanta imparcialidade, hein Cureau)


Vice-procuradora geral eleitoral, Sandra Cureau avalia que matéria da Rede Record beneficiou Dilma

Publicada em 14/10/2010 às 18h13m O Globo

BRASÍLIA – Em parecer encaminhado quarta-feira ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a vice-procuradora-geral eleitoral, Sandra Cureau, concordou com os argumentos de uma representação da coligação do presidenciável José Serra (PSDB) contra uma matéria jornalística da Rede Record.

Segundo a representação, ao trazer os resultados da eleição presidencial no primeiro turno no município de São Paulo, a matéria confere um tratamento diferenciado aos candidatos, contrariando a legislação eleitoral, além de mostrar uma pesquisa de intenção de votos tendenciosa produzida pela própria emissora. Clique e leia na intégra

 

Record pode ser multada por reportagem pró-Dilma

A Record corre o risco de se tornar a primeira rede de TV a tomar uma multa por uma reportagem favorável a um presidenciável. Ontem à noite, o Ministério Público pediu ao TSE a condenação da emissora do bispo Edir Macedo por ter veiculado reportagem positiva à Dilma Rousseff. O material foi ao ar no noticiário de terça-feira da semana passada,

A vice-procuradora-geral Eleitoral, Sandra Cureau, enviou parecer em que concorda com a ação da coligação de José Serra para multar a emissora em até 100 000 Ufirs (cerca de 100 000 reais). Motivo: a reportagem, que se propunha a apresentar os candidatos ao segundo turno, deu “engenhosamente”, segundo ela, tratamento privilegiado à Dilma em relação a Serra. Clique e leia na integra.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: