Sinesio Pontes Blog

Início » Eleições 2010 » PetroBrax nunca mais.

PetroBrax nunca mais.

Selecione a Categoria

Qualquer semelhança é mera coincidência.

Diga NÃO às privatizações.

Diga NÃO ao antigo modelo de concessões. O governo Lula mudou as regras para proteger o pré-sal.

Eles sempre quiseram privatizar.

Não conseguirão.

Por isso os petroleiros querem Dilma.

Extraído do Carta Maior

Mais um aliado de Serra defende privatização do pré-sal

Economia| 25/10/2010 | Copyleft.

Após o ex-presidente da Agência Nacional do Petróleo (ANP), David Zylberstajn, defender o modelo de exploração do governo Fernando Henrique Cardoso, agora o deputado federal Luiz Paulo Vellozo (PSDB-ES) vem a público classificar como “loucura” a proposta defendida pelo governo Lula para a exploração das riquezas do pré-sal. Parlamentar tucano defende maior presença de empresas estrangeiras no negócio. Para ele, regime de concessões para empresas internacionais seria melhor “em termos de antecipar a arrecadação de recursos”.

Redação

Depois de David Zylberstajn, ex-genro de Fernando Henrique Cardoso e assessor técnico para a área de energia da campanha de José Serra à presidência da República, mais um tucano vem a público defender a privatização do pré-sal. Trata-se do deputado federal Luiz Paulo Vellozo Lucas (PSDB-ES) que, em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, defendeu o modelo criado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso para a exploração das riquezas do pré-sal. O deputado tucano classificou como “loucura” o governo querer explorar as riquezas do pré-sal sem permitir a entrada de empresas estrangeiras. “É uma sandice completa achar que a Petrobras e o Estado brasileiro terão dinheiro para tudo”, disse o parlamentar. Na entrevista, Luiz Paulo Vellozo repete basicamente os mesmos argumentos utilizados por Zylbertajn há alguns dias.

Segundo matéria publicada no jornal Valor Econômico, Zylberstajn aconselhou José Serra a retomar o modelo do governo Fernando Henrique Cardoso e desistir da proposta apresentada pelo governo Lula para modificar o modelo de concessão de campos de petróleo para o modelo de partilha, no caso dos blocos do pré-sal. Zylberstajn e Vellozo defendem que o regime de concessões para empresas internacionais seria melhor em termos de antecipar a arrecadação de recursos. O que não dizem é que essas empresas internacionais ficariam com a fatia gorda da exploração das reservas do pré-sal. Continue lendo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: