Sinesio Pontes Blog

Início » Eleições 2010 » Que nossos sonhos desafiem nossas possibilidades.

Que nossos sonhos desafiem nossas possibilidades.

Selecione a Categoria

Houve um tempo no Brasil, que os jovens eram tratados a cassetetes, que os governadores e prefeitos das capitais eram indicados.

Houve um tempo no Brasil que a política era resolvida por patentes , não existia democracia, só existia o poder.

Quem se opunha, tortura.

Quem protestava, vala.

Houve um tempo que liberdade de expressão era perversão.

No Brasil  os trabalhadores passavam fome, sem aumento de salário, inflação galopante, desemprego recorde. A miséria era companheira de quem não era elite.

Leite? carne? iogurte? Não dava para comprar.

Comprar carro? Viajar de avião? Só em televisão (preto e branco).

Muita coisa mudou no nosso Brasil. Talvez essa geração de jovens não tenham nem a exata noção do que aconteceu durante a ditadura.

Daí veio a redemocratização. Anistia. Campanha das Diretas. Mobilização popular como nunca antes vista em nosso seio.

Eleição de Tancredo Neves, Esperança. Morte de Tancredo, desolação. Medo.

E nossos sonhos continuaram vivos. Mesmo que na figura do agora presidente José Sarney, um antigo servidor dos militares estava encarregado de levar nossa nação a passos longos à democracia.

Assembleia Constituinte, primeiro passo. A elaboração da nossa nova Constituição em 1988, foi um marco determinante para estruturação desse novo Brasil que nascia. Com Sarney vieram pacotes e mais pacotes visando diminuir a inflação no país. O povo sofria com desabastecimento e carestia.

Porém, tínhamos que escolher o presidente. Esse agora era o sonho.

E nossos sonhos continuaram vivos.

Em 1989, Eleições para presidente. Com o apoio de muitos setores da imprensa, inclusive a Globo, elegeu-se um dos maiores usineiros de Alagoas para Presidência- Fernando Collor de Mello. O discurso do medo já aparecia. Afinal de contas ele já era Governador, tinha experiência, blábláblá.

Em 1992 Collor é traído pela mesma imprensa que o elegeu, e é entregue pelo próprio irmão, que denuncia um esquema de corrupção.

Novamente movimentos populares num Brasil jovem. Caras pintadas pediam o impeachment. Se o povo colocou, agora queria tirar. Democracia é isso. (?)

Traição, Jogo de cena, Renúncia, Impeachment. O primeiro presidente eleito após a ditadura estava deposto. Patético foi assistir os mesmos políticos que julgaram Collor, um ano depois serem cassados no Escândalo dos anões do orçamento.

E nossos sonhos continuaram vivos.

Mais um vice assume, agora é o Itamar. Governo marcado pela elaboração do Plano Real, era 1994. Brasil Tetra campeão depois de 24 anos. Povo feliz, inflação controlada. A ideia de fazer uma desindexação da economia deu certo. Criamos uma unidade de valor que depois virou moeda. O Real.

Um programa que teve uma colaboração de muitos, mas apenas um levou a glória. Fernando Henrique Cardoso. O sociólogo.

Um programa que deu certo, economia estável, discurso do medo, mudanças de regras antes das eleições, apoio da mídia.

Todos esses ingredientes levaram FHC à presidência ainda no 1º turno. Fato até então inédito.

E nossos sonhos continuaram vivos.

Com FHC o povo esqueceu a palavra INFLAÇÃO e aprendeu PRIVATIZAÇÃO. Telefonia, energia, mineração, petróleo, siderurgia não eram mais obrigação do Estado. Estávamos na época do estado mínimo, como os EUA, com uma diferença. Ainda éramos 3º mundo.

Em 1997 a democracia leva um golpe, a Reeleição. Comprada por R$200 mil para cada deputado a favor, o ancestral do mensalão já estava vivo e entranhado nos corredores do Congresso.

Mas e o Príncipe? O doutor Sorbonne mantém a economia até as eleições de 98. Novamente o discurso do medo venceu e FHC foi reeleito no primeiro turno. Vale salientar que houve um enorme quantidade de votos inválidos (brancos e nulos).

E nossos sonhos continuaram vivos.

Em janeiro de 1999. O Brasil quebra. Só deu pra segurar o Real até ganhar as eleições. O dólar dispara, o FMI passa a comandar as políticas de investimentos do Brasil, como também politicas publicas. Nosso presidente tira o sapato em reunião em Washington, que vergonha.

Ao total foram 03 crises nos países emergentes (México, Rússia, Tigres Asiáticos) todas essas colocaram o Brasil de pires na mão. Salário mínimo ridículo. Tanques para negociar greves.

Em 2001 Racionamento. O povo pagou a conta e foi obrigado a REDUZIR o consumo. Industrias, empresas também entraram no corte. Ou poupava ou apagava.

E nossos sonhos continuaram vivos.

Em 2002 o povo decidiu mudar. O povo decidiu crescer. O plano Real foi ótimo, mas era preciso distribuir, não podíamos mais parar, estagnar. O discurso da Esperança agora venceu o do medo.

Pela primeira vez, um trabalhador chegava a presidência. Um homem que fugiu da seca, foi sindicalista agora alcançava o posto máximo da República. Seu nome Luis Inácio Lula da Silva.

E nossos sonhos continuaram vivos.

Lula promete que todos os brasileiros comerão as três refeições, que o Brasil crescerá e distribuirá renda.

Em 2005, denuncia de mensalão no congresso. O principal coordenador do projeto Lula foi cassado. Foi duro cortar a própria carne. A oposição preparava o golpe, um novo impeachment, que não foi pra frente. Preferiram sangrar para em 2006 matar.

Empregos sendo gerados, economia forte, recomposição das empresas publicas sucateadas no antigo governo, auto-suficiencia na produção de petróleo.

Com tudo isso o povo brasileiro absolveu Lula dos pecados praticados pelos seus companheiros e em 2006 é Reeleito nas urnas.

E nossos sonhos continuaram vivos.

Fortalecimento do Bolsa-Família para as famílias pobres; Pro-UNI universidade grátis, Criação de 15 milhões de empregos nos 08 anos,  taxa de desemprego a mais baixa da história; Criação de Universidades Federais e Escolas técnicas federais; Crescimento no ano da pior crise econômica que atingiu os EUA e a Europa; Retirada de 28 milhões da miséria; Ascensão de 35 milhões à classe média; Aumento no crédito; Minha Casa Minha Vida; Fortalecimento do Merco-Sul; Reajuste do Salário mínimo acima da inflação; 83% de aprovação popular.

Lula é ovacionado na Reunião do G-8, o Brasil nunca tinha sido convidado antes de Lula. É premiado estadista Global. O presidente americano elogia Lula.

O Brasil ganha o direito de sediar Copa do Mundo em 2014 e Olimpíadas em 2016. Graças ao prestígio de Lula.

A imprensa internacional vira as atenções para o Brasil. Que passa a ser respeitado.

Chegamos em 2010.

Nós acordamos e vemos que nossos sonhos são possíveis. Nossos sonhos estam acontecendo. Hoje o brasileiro tem orgulho do país e do presidente.

Hoje, 31/10 iremos escolher a pessoa que irá suceder Lula. Hoje iremos decidir qual Brasil queremos pro futuro. Hoje teremos a chance de retribuir o que nos foi oferecido.

Sem mágoas, nem ressentimentos. Sem ódio, nem rancor.

Alegria, Paz, Esperança andarão sempre juntas.

Hoje é o dia de escolhermos a primeira mulher presidente dessa nação.

Hoje é o dia de VOTAR DILMA PRESIDENTE.

E nossos sonhos virarem realidade.

Anúncios

4 Comentários

  1. marcilia disse:

    PQP!!!Convivo com Sinésio todos os dias, há dez anos e este desembaraço que venho acompanhando com suas colocações políticas me deixam muito FELIZ!! Feliz por vê-lo tão empolgado, por ele ter encontrado um espaço que lhe deu voz e que muito mostra de sua inteligência. Este ano dei a Sinésio o livro: Lula, O filho do Brasil e dediquei assim:
    ” 30 anos e uma linda caminhada. Não sei ao certo o que você é do Brasil?Cidadão apenas?Ou mais do que isso?!Não sei lhe responder, mas vi o teu fascínio por este ícone e associei que só gostamos do que nos interessa ou até mesmo nos reflete em sua essência. Você tal qual esta figura, fez a diferença em sua vida e possibilita a mim e ao pequeno a realização de nossos sonhos e olha que não usa de campanha de assistencialismo; mas de amor, dedicação e acima de tudo respeito por esta instituição que você preside:nossa família. José, o cidadão do Brasil. Que esta data seja reverenciada não por ser co-relacionada a um novo ciclo ou um número apenas, mas sim por celebrar uma história de muito sucesso!!!!”

    Sinésio , desde a criação deste espaço tem propagado com afinco as realizações deste homem, Lula, que fala muito dele mesmo(SINÉSIO). E se coloca entusiasmado com todas as mudanças ocorridas no cenário político-social do Brasil.
    Que estes sonhos, que agora cria nele muitas expectativas, possa levá-lo a muitas outras possibilidades a ser compartilhadas.
    Pois estes sonhos, que pertencem também a José Sinésio, materializa o sonhos de milhões de brasileiros que passaram a acreditar que podemos muito mais, pois compomos uma nação chamada BRASIL!!!

    Parábens!!!!E com estes sonhos você:
    Não vá mudar não
    Nem ficar são,
    Mesmo se for só
    Não vá ceder,
    Deus vai dar aval sim
    O mal vai ter fim,
    E no final assim calado
    Eu sei que você cai ser coroado
    Rei de si.

  2. Hermes Spinelli disse:

    Base,

    Muito com seu comentário. Assim como Marcilia estou surpreso como o seu interresse por esse assunto tão importante para nós.
    Passei essa eleição acompanhando tudo por seu blog, pois estava sempre atualisado.

    Abraços e parabéns pelo blog.

    Hermes

  3. maria claudia disse:

    Irmão…..TENHO ORGULHO SE SER SUA IRMÃ!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ….As nossas vidas foram marcadas por privações,ausências,descriminações….. mas uma coisa tenho certeza “A ESPERANÇA e os NOSSOS SONHOS continuaram vivo. Nunca imaginei em te vê escrevendo tão profundo assim de política,até porque o seu forte é NÚMERO,confesso ter ficado MARAVILHADA com tudo que li nesse blog e por isso peço que não PARE.

    TENHO ORGULHO DE SER SUA IRMÃ!!!!

    BJUS

    CLAUDIA

  4. ‘Camarada’ Pontes…

    Não sou um pessimista nem tampouco otimista, a despeito de quem me “ver” falar, já me preconceituar assim: Pessimista. ‘um amante do quanto pior melhor’; não! Procuro ser um realista! Como todo, bom Marxista-Leninista. Assim, a conjuntura (a realidade) portanto, pode ser “boa” ou “ruim”, então; paciência… e, deve ser lida e dita com todas as suas letras em alto e bom som! Doa em quem doer. Sem maquiagens ou temperá-la para ser mais palátel, principalmente ao povo! Que deve ser sempre instruido, educado e conscientizado por seu verdadeiros líderes, libertadores e emancipadores (e isso, camarara, não é papel de ‘Mãe’ ou ‘Pai’ de qualquer programa assistencialista e/ou populista… limitado e limitante, pois não rompe com a lógica Capitalista!). Isso, já nos ensinou Lênin, Plekhanov, Mao Tsé-Tung e por último, o grande General Giap, para citar só 4, de centenas de líderes e guias autênticos liberdadores e emancipadores de vários povos. Quero dizer-lhe que, em política – como em tudo nesta vida (digo: nesta “nossa” Vida [ainda] Burguesa…) é uma batalha! Sim, estamos numa guerra. Quero dizer-lhe também, com este breve intróito, que ‘infelizmente’ este seu sonho (que o de muitos também) ainda irá demandar muitas, mais muitas noites de sua longa vida. Pois, este ‘sonho’, que é utopico sem qualquer conotação negativa… não termina com o fim destas eleições! Pois vemos que o Brasil está mudando de dono… e não é todo o povo brasileiro! Particularmente, não nutro qualquer ilusão além do limite prático ou técnico que o próprio sistema irá dar às “reformas sociais e políticas” buscando-se um ‘equilíbrio’ – que é naturalmente incomensurável! Entre os atores principais destre “teatro”, que são o Capital e o Trabalho… a sra. Dilma não poderá servir a dois senhores!… Por muito tempo nem aos mesmo tempo. E, aí quando e onde haverá ou estará este tal “equilibrio”? Você como um futuro engenheiro eletricista, há de saber que para toda ação há uma reação… portanto, para o tal “espetáculo do crescimento”… aliado às noções de (desta) economia e outras ciencias; pergunta-se: Como os empresários irão reagir? E, quanto aos 28 milhões de ex-miseráveis e aos novos 36 milhões de consumidores classe C, é sabido que subiram mas, subiram sem qualidade… e, que esta “qualidade” não depende(rá) de somente por um dinheirinho na não dessas pessoas, será preciso uma contudente, determinante e sistemática ações de Estado! Muito diferente do conceito exposto pelos ‘Pais&Mães’ dos programas assistencialistas e populistas!!! E, assim, o capital nacional em breve mostrará o seu limite dentro da conjuntura internacional economica-financeira; pois, será preciso remunerar o Capital, os investidores e as Bolsas! Somado à posição da Oposição (“tucana-democrática”). Pergunta-se: A Oposição é contra o quê? Qual é a diferença? Se todos querem um Brasil livre da fome, da miséria, da alienação… porque há vários grupos ou partidos? Questão de gestão? Mas, gestar, gerir o quê? Enfim, contra o quê ou contra quem nós estamos lutando ou tentando nos defender? Quem são os nosso inimigos?

    – É, são muitas perguntas…

    É preciso enxergar as coisas com os olhos da mente e, não somente com os da cara.

    Longa Vida Camarada!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: