Sinesio Pontes Blog

Início » 2011 » maio

Arquivo mensal: maio 2011

Semanal do PiG acerta: FHC é uma droga.

O cara passa 08 anos no Governo como Presidente de um país. Tira do papel o maior programa de privatizações já vista. Entrega tudo o que pode ao capital estrangeiro,  só não a alma da população.

Consegue comprar umas centenas de Deputados por R$ 200 mil para aprovar a Emenda da Reeleição. Salva todos os Bancos privados com o Proer. Acaba com a Sudene e o DNOCS.

Congela o salário do funcionalismo público durante 07 anos. Sucateia grandes empresas públicas com o intuito de vendê-las. Recorre ao FMI por 03 vezes, e ainda escala um especulador Internacional para gerir o Banco Central.

Mergulha o país num racionamento de energia elétrica por falta de investimentos no setor.

Não executa nada no Social.

Não discute políticas públicas em torno da Legalização da maconha, em nenhum dia dos seus oito anos de governo.

Pois é, seria cômico senão fosse trágico assistir o Nobre Fernando Henrique Cardoso, o FHC produzir um documentário em prol da Regulação do uso do entorpecente.

Me lembrou Al Gore quando produziu “Uma verdade Incoveniente” que trata dos efeitos do aquecimento Global. O ex-vice presidente americano foi outro que nada fez neste sentido durante os oito anos como vice-presidente da Nação mais poluidora que absurdamente não assinaram o Protocolo de Quioto durante sua gestão.

Quando questionado o porquê de não fazer nada em sua gestão, FHC respondeu: “Primeiro porque eu não tinha a consciência que tenho hoje. Segundo que eu também achava que a repressão era o caminho”.

Qual a sua consciência hoje?

Ele achava que a repressão era o caminho. Eu nem desconfiei.

Por que apenas oito anos depois de deixar a presidência ele se convenceu que suas políticas eram erradas? Agora entendo o reconhecimento de seu filho bastardo depois de 18 anos.

Tadinho.

Vai ver são as amizades de Higienopólis não estam fazendo bem. Ou os aposentados, digo vagabundos com quem ele anda tão curtindo um barato.

Só faltou trazer seu ex-ministro da Saúde que regulamentou o aborto e foi contra nas eleições.

Esse assunto é muito sério para ser tratados por hipócritas. Um debate sério nesse país é urgente e o que não falta são interlocutores comprometidos, e  que possuem a mesma consciência desde sempre.

Se FHC realmente não gosta mais de repressão, o quê explica a atitude da PM paulista na última Marcha da Maconha em São Paulo, seu reduto? Bastava ligar para o picolé de Chuchu.

Não esqueçam que FHC e sua turma tentaram dar o golpe do aborto nas eleições de 2010, recorrendo ao Papa, ao TFP e a arquidiocese de Guarulhos, além de Malafaia.

Agora querem uma via para se aproximar mais da playboyzada.

Uma vergonha.

Para fechar com chave de ouro no final da entrevista no semanal do PiG veio uma pesquisa. 57% dos internautas votaram a favor da regulação do uso da maconha no Brasil.

Aproveitaram a hora que os Malafaias passavam a sacolinha da oferta.

Viva o Brasil.

Anúncios

José Serra, nem para síndico.

O pior é a risadinha, né Aleluia.

Definitivamente José Erra está no seu inferno astral. Depois de perder as eleições e ainda levar uma tremenda “bolinha de papel” na testa, (que quase lhe causou afundamento do “oco” cérebro) o nosso vampiro vem passando por algumas provações.

Quase ficou sufocado na Beatificação da Irmã Dulce. (Aqui na Bahia especula-se que ele ter se salvado foi um novo milagre da Irmã Dulce)

Perdeu a Presidência do PSDB (de novo), Perdeu a Prefeitura de São Paulo (e não foi na eleição) e perdeu o ITV para o cacique também desempregado Tasso Jereissati.

E o pior de tudo, ninguém liga mais para o que ele fala.

Amigos navegantes, esse aí só com um cordão de Alho e uma Bala de prata.

Pesadelo americano.

Este humilde blogueiro já havia tocado no assunto sobre a relação entre os EUA e os Direitos humanos (clique aqui). Engraçado é que diariamente assistimos os americanos se auto-denominarem Defensores da Liberdade e da Democracia.

É bastante comum discursos ianques de condenação à praticas que desrespeitam Direitos Humanos em países como Irã, Cuba, Coréia do Norte ou países do Oriente Médio, considerados como o “Eixo do Mal”.

Mas como em casa de ferreiro o espeto é de pau, os americanos  recorrem às mesmas práticas que condenam. Ou alguém esqueceu que Bin Laden foi executado.

Desta vez a máquina de guerra atentou contra ela própria. Quem diria? Um ex-soldado americano que serviu ao Império na invasão ao Iraque, sofreu com as atrocidades imperialistas, pagando com a vida.

Executado com 70 tiros e desarmado.

E não foi em campo de batalha.  Foi na sua própria residência, em solo americano.

E não foram os “inimigos”, foi a SWAT.

Será verdade que o mundo está mais seguro depois da morte de Bin Laden?

A polícia do mundo não respeita ninguém quando seus interesses estão em jogo.

” O senhor da Guerra não gosta de crianças.”

Leia também:

Swat fica sob suspeita após matar veterano com 70 tiros no Arizona – Portal iG

Estados Unidos e os Direitos Humanos.

Quem “protegerá” os civis espanhóis?

Bin Laden is dead.

Swat fica sob suspeita após matar veterano com 70 tiros no Arizona

Com 26 anos e pai de duas crianças, Jose Guerena foi morto em 5 de maio durante operação antidrogas perto de Tucson

iG São Paulo | 27/05/2011 17:42

Jose Guerena, um marine (fuzileiro naval) de 26 anos morto em 5 de maio no Arizona, nunca disparou contra uma equipe da Swat que o atingiu com 70 tiros, afirmou nesta sexta-feira a rede americana ABC News.

Pai de duas crianças e veterando da guerra do Iraque, Guerena morreu durante uma batida antidrogas em sua casa, localizado perto de Tucson.

Inicialmente, as autoridades haviam dito que pensavam que Guerena havia disparado contra elas, mas uma investigação revelou que não, informou a ABC News. (mais…)

Obama no vácuo.

Oléééééé.

Obama pagou o maior mico frente à Realeza Britânica.

O Presidente brinda à Rainha Elizabeth II enquanto a Banda Real Britânica executava o “God Save the Queen”.

Resultado: Ficou no vácuo.

Será que Lula conseguirá salvá-lo?

Por isso ele é O Cara.

Lula, o melhor Presidente que o Brasil já teve, ainda não desencarnou. Antecipou o fim das férias e foi à Brasília apaziguar os ânimos. O ex-presidente lidera uma articulação para por fim a crise instalada, por parte da mídia, em torno de Antônio Palocci.

Uma parte da base aliada, principalmente o PMDB, já se encontra descontente com o ministro chefe da Casa-Civil e pretende levar a frente uma possível CPI a ser instalada no Senado.

Uma CPI no ínicio do mandato é o que menos se espera na gestão Dilma. Por isso Lula arregaçou as mangas e já partiu em defesa, não do Palocci, mas do Governo.

O fato de Palocci enriquecer o patrimônio 20 vezes em 04 anos já transformou o cenário político e midiático a favor da oposição, que há umas semanas atrás estava afundando, sem discurso, sem propostas, vazia.

Mas e Aécio?

Porque abafaram a bebedeira do moleque mineiro traquino?

Porque não lhe indagaram a origem da Land Rover que ele dirigia ao ser parado embriagado numa blitz no Rio?

Quais as ligações dele com uma Rádio de BH?

Claro, que essas perguntas não foram feitas porque o PiG trabalha pra Aécio e vice-versa.

Amigos navegantes, já trocaram Palocci pelo Kit-gay. E eu que achava que ele valia mais.

Leia também:

Lula relata a Palocci insatisfação de aliados – Estadão

Atendendo a pressões.   |  Sinesio Pontes Blog

Será vetado, garante Planalto.

Dilma não está nada satisfeita com a aprovação na Câmara do novo código florestal. Principalmente alguns pontos como anistia dos desmatadores e a proposta que tira do governo federal a exclusividade de regulamentar o uso de áreas de preservação permanente.

Esta última proposta veio do PMDB, partido do vice.

Agora o Governo fará de tudo para modificar o texto no Senado e caso não consiga, Dilma utilizará o poder do Veto.

Amigos navegantes 56 milhões de votos não foram à toa.

Leia também:

Dilma irrita-se com Código Florestal e promete veto – Rede Brasil Atual.

Atendendo a pressões.

“Não se trata de recuo, mas de um processo mais aprofundado de diálogo”. (Ah tá, entendi.)

A Presidenta Dilma já demonstra que não irá se desgastar com a base aliada, pelo menos por enquanto, e resolveu cancelar a distribuição do material de combate ao preconceito contra homossexuais nas escolas.

O material apelidado de ” kit gay” pela bancada evangélica do Congresso foi alvo de muitas polêmicas.

Na atual conjuntura é importante manter a base unida. O voto dos “homofóbicos” é fundamental para dar prosseguimento nas votações de matérias importantes tanto na Câmara como no Senado.

Começou a operação Salva-Palocci.

Amigos navegantes, bom é o STF que deu de 10 a 0.

Leia também:

Dilma suspende kit gay do MEC, afirma ministro – Pernambuco.com

Evangélicos ameaçaram ir contra Palocci para coibir kit gay – Terra


%d blogueiros gostam disto: