Sinesio Pontes Blog

Início » Posts etiquetados como 'Denúncia'

Arquivo da tag: Denúncia

Denúncia: Globo utiliza bloqueadores de celulares em estádios.

"o número chamado está fora de área ou desligado"

O que acontece quando você tenta realizar uma ligação no celular e não existe sinal? Quase sempre essa situação acontece em regiões de sombra do sinal, onde não possuem antenas repetidoras ou quando o sinal é atenuado por barreiras naturais sejam morros ou prédios altos.

Mas e quando esta falta de sinal é feita por instrumentos utilizados por empresas com intuito de melhorar o funcionamento de seus equipamentos. Quando o direito do cidadão é lesado por interesses de grandes corporações sem ressarcimentos.

Pois é, não se surpreenda se seu celular não funcionar numa região próxima a estádios em dia de jogos transmitidos pela Globo. Foi identificada pela Anatel a existência de aparelhos bloqueadores de celulares em estádios que tem como objetivo o uso exclusivo das antenas deste sinal para a transmissão em Alta definição. Essa prática produzia pontos cegos de sinal na cidade de São Paulo no arredores dos estádios do Pacaembu, Canindé, Moisés Lucarelli.

A Folha denunciou mas não nominou, se restringiu apenas a citar “uma emissora” como responsável por esse crime, pois isso é crime sim.

O PiG unido, pero no mucho.

Enquanto o sinal é bloqueado nos estádios, nos presídios estão liberados.

Não se enganem, estes são os “princípios” do PiG.

Leia também:

Por que a Folha escondeu? – BLOG DO SARAIVA

Leia a reportagem da FSP

07/08/2011 – 08h14

Anatel flagra uso ilegal de bloqueadores de celular em SP

Publicidade
DE SÃO PAULO

Investigação da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) apontou que empresas, escritórios e até uma emissora de televisão usaram ilegalmente bloqueadores de celular na cidade.

A informação é da reportagem de Julio Wiziack publicada na edição deste domingo da Folha. A reportagem completa está disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha.

De acordo com o texto, fiscais da agência autuaram uma grande emissora de televisão. A emissora usava câmeras que transmitiam um jogo do estádio do Pacaembu em HD (alta definição) na mesma faixa de frequência das antenas de celular.

Para ter estabilidade na transmissão, no entanto, um dispositivo instalado nas câmeras impedia que celulares acessassem a antena da operadora mais próxima, que, assim, ficava a serviço da emissora. A agência ainda não definiu o valor da multa.

As diligências ocorreram a partir de reclamações de “zonas cegas”. Dois escritórios de advocacia e uma corretora de valores foram autuados pelo uso de bloqueadores na avenida Paulista. Somadas, as multas foram de R$ 87 mil. Outra corretora foi autuada em R$ 37 mil, mas o caso ainda não foi julgado pela Anatel.

Anúncios

Pesadelo americano.

Este humilde blogueiro já havia tocado no assunto sobre a relação entre os EUA e os Direitos humanos (clique aqui). Engraçado é que diariamente assistimos os americanos se auto-denominarem Defensores da Liberdade e da Democracia.

É bastante comum discursos ianques de condenação à praticas que desrespeitam Direitos Humanos em países como Irã, Cuba, Coréia do Norte ou países do Oriente Médio, considerados como o “Eixo do Mal”.

Mas como em casa de ferreiro o espeto é de pau, os americanos  recorrem às mesmas práticas que condenam. Ou alguém esqueceu que Bin Laden foi executado.

Desta vez a máquina de guerra atentou contra ela própria. Quem diria? Um ex-soldado americano que serviu ao Império na invasão ao Iraque, sofreu com as atrocidades imperialistas, pagando com a vida.

Executado com 70 tiros e desarmado.

E não foi em campo de batalha.  Foi na sua própria residência, em solo americano.

E não foram os “inimigos”, foi a SWAT.

Será verdade que o mundo está mais seguro depois da morte de Bin Laden?

A polícia do mundo não respeita ninguém quando seus interesses estão em jogo.

” O senhor da Guerra não gosta de crianças.”

Leia também:

Swat fica sob suspeita após matar veterano com 70 tiros no Arizona – Portal iG

Estados Unidos e os Direitos Humanos.

Quem “protegerá” os civis espanhóis?

Bin Laden is dead.

Swat fica sob suspeita após matar veterano com 70 tiros no Arizona

Com 26 anos e pai de duas crianças, Jose Guerena foi morto em 5 de maio durante operação antidrogas perto de Tucson

iG São Paulo | 27/05/2011 17:42

Jose Guerena, um marine (fuzileiro naval) de 26 anos morto em 5 de maio no Arizona, nunca disparou contra uma equipe da Swat que o atingiu com 70 tiros, afirmou nesta sexta-feira a rede americana ABC News.

Pai de duas crianças e veterando da guerra do Iraque, Guerena morreu durante uma batida antidrogas em sua casa, localizado perto de Tucson.

Inicialmente, as autoridades haviam dito que pensavam que Guerena havia disparado contra elas, mas uma investigação revelou que não, informou a ABC News. (mais…)

EUA impedem Cuba de comprar anestésicos para crianças

O mundo esconde. Nós mostramos.

Extraído do CUBADEBATE

 
La República

O governo dos EUA impediu a aquisição de Cuba  de anestésicos dos Abbott Laboratórios de sevoflurano e Dexmetomidina denunciou Humberto Cabrera Sainz, presidente da Sociedade Cubana de Anestesiologia.

Agente anestésico inalatório Sevoflurano é um medicamento usado para anestesia geral em crianças e é também reconhecido pelas suas qualidades de coração de proteção contra ataques cardíacos, acidente vascular cerebral e arritmias durante os eventos de anestesia cirúrgica em pacientes com doença cardíaca.

O Dexmetomidina é usado em anestesiologia por suas propriedades analgésicas e sedação para potencializar mais agentes anestésicos, disse Humberto Sainz.

Segundo a imprensa local esta decisão prova que a administração Obama mantém o bloqueio contra Cuba, em embargo econômico, financeiro e comercial imposto pela Casa Branca após o triunfo da Revolução Cubana.

%d blogueiros gostam disto: