Sinesio Pontes Blog

Início » Posts etiquetados como 'Governo'

Arquivo da tag: Governo

Popularidade recorde.

Nada mal para apenas 1 ano de Governo.

Popularidade de Dilma ao final do 1º ano de mandato é histórica. Nem mesmo os frequentes ataques do PiG ao mandato da nossa Presidenta foram capazes de diminuir a confiança depositada pelo povo à Dilma.

Para quem a intitulava de “poste”, eis a resposta.

Aprovação do governo Dilma supera a de Lula no primeiro ano, diz Datafolha

Presidente tem melhor aprovação entre todos os presidentes desde a volta das eleições diretas

21.01.2012 | Atualizado em 21.01.2012 – 18:28

Da Redação

A presidente Dilma Rousseff teve aprovação recorde ao fim do seu primeiro ano de governo, segundo pesquisa Datafolha divulgada pelo jornal Folha de S. Paulo. O índice de aprovação de Dilma é o maior alcançado no início de governo entre todos os presidentes que a antecederam desde a volta das eleições diretas.

De acordo com a pesquisa, 59% dos brasileros consideram o governo Dilma bom ou ótimo; 33% classificaram a gestão de regular e outros 6% a consideram como ruim ou péssima.

Para efeitos de comparação, ao fim dos seus primeiros anos de governo Fernando Collor tinha 23% de aprovação, Itamar Franco contava com 12% de aprovação, Fernando Henrique 41% no primeiro mandato e 16% no segundo. O presidente com melhor avaliação até então era Lula, com 42% de aprovação no primeiro mandato e 50% no segundo.

Foram ouvidas pelo Datafolha 2.575 pessoas nos dias 18 e 19 de janeiro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Oposição até que tentou, mas CPI babou.

Quem riu por último hein...

Tentativa frustrada da oposição em instalar a CPI dos Transportes no Senado. O requerimento não atingiu o número mínimo de assinaturas necessárias após a desistência de dois senadores da base do Governo.

A quem interessa esta CPI?

Álvaro Dias e outros senadores já estavam se preparando para protagonizarem inflamadas encenações para a TV Senado. Um teatro sem precedentes na história da República com o único intuito de desmobilizar o Governo Dilma.

Aos poucos a Caixa de Pandora está abrindo e revelando seu repertório nefasto de corrupção. O Ministério dos transportes não é mais o mesmo depois da faxina cirúrgica promovida pelo Planalto. É duro cortar na própria carne, mas Dilma já demonstrou que não exitará em fazer se necessário for.

A faxina que começou pelo visto não acabará tão cedo, enquanto isso o PiG fica perplexo diante da firmeza da Presidenta.

Deixa a mulher trabalhar….

Leia também:
CPI dos Transportes fracassa e oposição recomeça trabalho do zero – Rede Brasil Atual

Jobim declara voto em Serra. Eu já sabia.

Amores antigos.

Não é de hoje que o Ministro da Defesa, Nelson Jobim arruma confusão. Na verdade eu nunca entendi sua indicação para a pasta por Lula e a continuação com Dilma.

A quem a permanência de Jobim interessa?

Ao Brasil não, ele é mais importante para o Governo americano do que para o brasileiro. Segundo o Wikileaks, Jobim era a pessoa mais confiável do governo “anti-americano” (termo usado pela embaixada americana) de Lula. Daí se percebe a confiabilidade do ministro.

Jobim, que se tornou Ministro do STF indicado por FHC, esteve presente em outras ocasiões manifestando sua face. Como no caso da Comissão da Verdade, e no fim do Sigilo Eterno, onde se colocou contrário. Restando para a Presidenta colocá-lo no seu devido lugar.

Agora este espião tucano declara que votou em Serra nas eleições 2010, mesmo sendo Ministro de Lula. Essa atitude é no mínimo desafiadora. Por isso não vejo mais clima para a permanência dele no Governo.

A faxina de Dilma chegará ao Ministério da Defesa logo, logo.

Só espero que não seja tarde demais.

Leia também:

Jobim, o Traíra. | Sinesio Pontes Blog

Jobim, o Traíra 2. | Sinesio Pontes Blog

Ministro fardado e eleitor de Serra em 2010, Jobim acumula histórico de atritos. – Rede Brasil Atual

Nascimento não é Palocci.

E a cena se repete.

Em menos de seis meses, o Governo Dilma já acumula 02 escândalos. O primeiro derrubou Palocci, o mentor de Dilma e agora o Ministério dos Transportes com o já conhecido Alfredo Nascimento em companhia de Valdemar Costa Neto.

De acordo com as denúncias, o esquema de corrupção implantado no Ministério é gigante e pelo jeito não é recente.

Diferente de Palocci que era o queridinho do PiG, Nascimento não terá vida fácil daqui pra frente e já pôs as barbas de molho. Dilma já exonerou quatro diretores de confiança do Ministro e apenas o sustentou com um objetivo. Não de salvá-lo mas sim dele assumir a culpa para ele isentando, claro, o Governo dessa questão. Além do mais o PR é muito importante no Senado como na Câmara.

Amigos navegantes não demorará para Nascimento cair, quem será a bola da vez?

Dilma não quer sigilo eterno de documentos.

Não poderia ser de outra forma.  O Palácio do Planalto afirmou desistir de vetar o Projeto que prevê o Fim do sigilo eterno de documentos ultrassecretos.

É de se estranhar qualquer atitude contrária de Dilma, pois assim como ela, muitos foram torturados e também estam desaparecidos devido à atrocidades praticadas durante a Ditadura. Lembrando que a Presidenta inclusive foi alvo de especulações durante a corrida eleitoral onde documentos forjados foram parar nas redações do PiG.

Há quem interessa esconder tais documentos? Sinceramente não sei. A verdade é que os senadores e ex-presidentes Collor e Sarney pressionaram o Governo no sentido de mantê-los sigilosos.

Vai ver, estão com rabo-preso.

Amigos navegantes, Comissão da Verdade já.

Extraído do NE10.

Política // Planalto

Dilma desiste de apoiar sigilo eterno de documentos

Publicado em 22.06.2011, às 10h09

O Planalto está disposto a aceitar o fim do sigilo eterno nos documentos ultrassecretos, como decidiu a Câmara. A pressão dos senadores e da opinião pública e as manifestações dos ministros Antonio Patriota (Relações Exteriores) e Nelson Jobim (Defesa) levaram a presidente Dilma Rousseff a decidir que não fará vetos ao que o Congresso decidir.

Até a semana passada, Dilma havia insistido na proteção dos papéis ultrassecretos. Ela disse publicamente que era a favor do acesso a todos os documentos, mas fora convencida pela Defesa e pelo Itamaraty sobre a necessidade de sigilo nos casos de ameaça à soberania nacional e riscos à diplomacia. Agora, a presidente muda de ideia mais uma vez.
(mais…)

Popularidade de Dilma aumenta.

O PiG esconde. Nós mostramos.

Enquanto o PiG prepara outro golpe, Dilma continua trabalhando e agradando.

Nem a queda de Palocci, nem a inflação foram capazes de deter a popularidade da Presidenta Dilma Rousseff. Esses dois últimos eventos, como sabemos, foram crises “criadas” nas mesas de redação do PiG.

A famigerada, incontrolável e insana inflação, que foi tema dos principais cadernos de economia da Velha mídia não passou de mais uma marolinha. Ações acertadas do Banco Central e COPOM desfizeram o sonho dos urubólogos de plantão e deixaram os “especialistas” sem assunto.

Quanto a Palocci, não se sabe ao certo de onde partiu a encrenca. Há quem diga que foi fogo amigo. Não há como comprovar. No entanto o resultado disso tudo foi a escalação da competentíssima Gleisi Hoffman para a Casa Civil, real mesmo foi o fato dele ter enricado o patrimônio 20 vezes em 04 anos.

Enquanto isso a popularidade de Dilma só cresce. Passou de 47% em março para 49% a avaliação positiva do Governo, superando até mesmo Lula no mesmo período.

E a oposição?

Ninguém sabe, ninguém viu.

Leia também:

Aprovação a governo Dilma sobe para 49%, diz Datafolha – Terra

Brasileiros aprovam o governo de Dilma – Correio de Uberlândia

Dilma não tem compromisso com o PiG. Palocci está fora. | Sinesio Pontes Blog

Já começou. | Sinesio Pontes Blog

Golpe do PiG fracassa. ENEM bate recorde. | Sinesio Pontes Blog

Mais mudanças no Governo Dilma.

Com menos de seis meses de Governo, a presidenta Dilma já começou uma “reforma” nos Ministérios. Isso se mostra com a  saída de Palocci para dar lugar a Gleisi Hoffman e agora o troca-troca de Luiz Sérgio com Ideli Salvatti.

A ex-senadora catarinense éa nova Ministra das Relações Institucionais enquanto o deputado carioca Luiz Sérgio o Ministro da Pesca.

É verdade que a permanência de Luiz Sérgio nas Relações Institucionais já estava comprometida por pressão de alas do PT e do PMDB, que desejava alguém mais “dócil”.

Dilma mais uma vez provou que conduzirá esse Governo da sua forma. E a escolha de Ideli para ocupar este cargo foi uma ducha de água fria para quem desejava Vacarezza (PT-SP) ou Chinaglia (PT-SP). Ideli promete uma versão “Paz e Amor” a partir de agora, mas todos conhecem seu temperamento.

Quem sai fortalecido após tudo isso? Dilma.

Leia também:

Ideli Salvatti assume o Ministério das Relações Institucionais – O Dia On line

Luiz Sérgio diz que pasta é importante e Ideli afirma que usará ‘coração’ – Portal SZRD

Planalto oficializa Ideli para vaga de Luiz Sérgio na articulação política – O Jornal Alagoas.

%d blogueiros gostam disto: