Sinesio Pontes Blog

Início » Posts etiquetados como 'PSDB'

Arquivo da tag: PSDB

PSDB não perde o costume.

Reinaldo chama petista de petralha. E esquece dos tucanos.

O mensalão petista julgado no STF nasceu na terra do pão-de-queijo com o também tucano Azeredo.

Compra de voto de parlamentar, prática antiga. Ou você não sabia que cada deputado ou senador recebeu R$200 mil para votar a favor da reeleição de Fernando Henrique.

E privataria tucana? A mesma que Serra morre de medo.

E não só a Privataria mete medo nos tucanos, o que atualmente tira o sono dos militantes do PSDB agora é o Ficha-Limpa. A lei que impede a candidatura de políticos corruptos acaba de barrar um monte nestas eleições. E no topo da lista dos barrados está a tucanada.

Os mesmos que irão à Justiça proibir que a Presidenta Dilma anuncie corte na conta de luz. Os mesmos protagonistas da Pizzaria do Cachoeira.

Os mesmos.

E o Reinaldo Azevedo continua chamando petista de petralha. E esquecendo os tucanos.

Leia também:

Justiça barra 317 candidatos a prefeito que têm ficha suja

Anúncios

Governo derruba conta de energia elétrica e PSDB vai à justiça contra Dilma.

Sérgio Guerra é mesmo uma piada. Através de uma nota, em nome do PSDB, ele criticou a participação de Dilma na cadeia nacional de rádio e tv onde anunciou a queda na tarifa de energia elétrica em todo o Brasil.

O bobalhão afirmou que usará meios legais para defender a democracia tucana. A democracia de FHC e Serra.

Será que os tucanos reprovam as quedas na tarifa? Ou doeu na ferida quando Dilma atacou a privataria tucana?

A verdade é que a conta de energia ficará 16% mais barata em 2013 e a aprovação de Dilma, mais de 80%.

PSDB usará meios legais contra fala de Dilma na TV

Nem Jô Soares, nem Boni. O Brasil quer ler “Privataria Tucana”.

O PiG simplesmente desprezou o livro de Amaury Ribeiro Junior.

Esse sim, não dá pra não ler.

Abriu-se a verdadeira caixa de pandora. O mais aguardado e também o mais odiado registro que se tem das falcatruas do PSDB praticadas pelos tucanos na época que privatizaram o Brasil.

Propinas, lavagem de dinheiro, contas em paraísos fiscais durante o governo FHC além de espionagem entre os tucanos Serra e Aécio são os temas deste que promete revolucionar o mercado literário além de esclarecer alguns fatos que foram encobridos por nossa imprensa e que até hoje nunca se comentou.

Isso não saiu no JN de Bonner e de Patrícia, que calada é uma poeta. Nem na Folha, nem nos artigos de Reinaldo Azevedo, de Augusto Nunes. Nem foi vergonha para Boris Casoy.

A operação abafa foi geral.

Mas o livro “bomba” já é um sucesso. Esgotou no 1º dia. E repetindo as palavras do querido presidente “Nunca na história desse país” se viu tamanha procura por um livro jornalístico, e sem um minuto no PiG.

Privatização da Saúde no Paraná.

Choque de gestão tucano a la Beto Richa.

O governador paranaense, Beto Richa (o mesmo que censura blogueiros que falem contra seu governo) conseguiu aprovar na Assembleia Legislativa seu projeto de privatização da Saúde.

Não é novidade que político tucano adora privatizações, está na cartilha do PSDB, ná página 3.

Pena que o povo tenha memória curta.

Censura, privataria e desmandos em menos de um ano de governo.

Deputados “driblam” manifestantes e aprovam projeto de terceirização

Sessão, que havia sido interrompida, foi retomada às 21h, depois que grupo que ocupou a Assembleia foi embora. Projeto foi aprovado por volta das 23h45

05/12/2011 | 15:36 | Euclides Lucas Garcia e Heliberton Cesca atualizado em 06/12/2011 às 00:27

Os deputados estaduais aprovaram, por volta das 23h45 desta segunda-feira (5), na Assembleia Legislativa do Paraná, o projeto de lei que permite ao Governo do Estado terceirizar serviços públicos. O texto foi aprovado em segunda discussão e recebeu 39 votos favoráveis e oito contrários.

Por volta das 00h13 já da terça-feira (6), os deputados aprovaram cinco emendas feitas ao projeto — uma sexta emenda foi rejeitada, tratando da composição do Conselho Fiscal do convênio.

O projeto será votado em terceira discussão no plenário da Assembleia em sessão ordinária na terça-feira. Antes de seguir para sanção do governador Beto Richa (PSDB), a proposta precisa ser aprovada ainda em redação final. O regimento interno da Alep, porém, possibilita que esta última votação seja dispensada por meio de requerimento aprovado pelo plenário.

>>> Veja fotos da manifestação

O presidente da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), Valdir Rossoni (PSDB), ignorou o protesto de 250 pessoas, que desde às 17h desta segunda-feira (5) ocupavam o plenário da Casa, e colocou em votação, a partir das 21h, o projeto.

A ocupação da Assembleia por sindicalistas e estudantes pretendia evitar a votação do projeto sem a participação da sociedade, através de audiências públicas. Durante a invasão, houve empurra-empurra com seguranças, que chegaram a usar armas de choque-elétrico para conter os manifestantes, mas sem sucesso.

Os deputados chegaram a se reunir no “plenarinho” – sala menor próxima ao plenário principal – para retomar a sessão suspensa desde o fim da tarde. Ao perceber que não evitariam a votação da pauta, os manifestantes começaram a deixar a Assembleia de mãos dadas e gritando palavras de ordem. O “plenarinho” chegou a ser isolado por PMs à paisana para evitar uma nova invasão e a interrupção da votação.

Após a saída dos sindicalistas e estudantes, os deputados retornaram ao plenário principal e continuaram a sessão.

Comissão-geral

Logo depois que retomaram a sessão da Assembleia, os deputados estaduais aprovaram dois requerimentos e transformaram a sessão em comissão-geral, como estava previsto desde o início do dia. Eles também aprovaram duas sessões extraordinárias. A intenção da base de apoio ao governo Richa era, com isso, acelerar as votações. Com o plenário transformado em comissão-geral, os projetos de lei precisam de apenas uma votação para serem aprovados e não em dois turnos, como acontece normalmente. (mais…)

Esse Serra é mesmo agregador.

Serra discute com presidente da Juventude do PSDB por eleição em SP

22/11/2011 – 10h25 | da Folha.com

DE SÃO PAULO

Em evento sábado na sede do PSDB-SP, José Serra discutiu feio com o presidente da Juventude Tucana, Paulo Mathias, partidário da pré-candidatura de Bruno Covas à prefeitura paulistana, informa o Painel, editado por Renata Lo Prete, publicado na Folha desta terça-feira (a íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha).

Contrariado por ter não ter sido citado em revista sobre o Parlamento Jovem, o ex-governador se disse rompido com o grupo, que, segundo ele, estaria “se intrometendo em questões municipais”.

Leia mais na edição da Folha desta terça-feira.

José Serra, nem para síndico.

O pior é a risadinha, né Aleluia.

Definitivamente José Erra está no seu inferno astral. Depois de perder as eleições e ainda levar uma tremenda “bolinha de papel” na testa, (que quase lhe causou afundamento do “oco” cérebro) o nosso vampiro vem passando por algumas provações.

Quase ficou sufocado na Beatificação da Irmã Dulce. (Aqui na Bahia especula-se que ele ter se salvado foi um novo milagre da Irmã Dulce)

Perdeu a Presidência do PSDB (de novo), Perdeu a Prefeitura de São Paulo (e não foi na eleição) e perdeu o ITV para o cacique também desempregado Tasso Jereissati.

E o pior de tudo, ninguém liga mais para o que ele fala.

Amigos navegantes, esse aí só com um cordão de Alho e uma Bala de prata.

%d blogueiros gostam disto: